terça-feira, janeiro 08, 2008

QUEM IMAGINARIA?
Pelo "Dia Mundial de Luta Contra a Aids"

Quem imaginaria até então:
que a vida toda era uma brisa fria,
e os sonhos certamente um mau presságio,
do estágio que atingimos num gemido?

Quem imaginaria até então:
que a calma era melhor que a correria
e a busca do prazer de modo ágil
seria sofrimento garantido?

Quem imaginaria até então:
que fosse a solidão fatal sangria
e o ser feliz fosse um feroz naufrágio
que não passava de tempo perdido?

Quem imaginaria até então:
que só o amor por fim acalmaria
o desespero de um futuro frágil
e os medos de um coração partido?

(PC - 29/11/2007)

5 comentários:

Exemplo AVERA disse...

Muito bom!
Faz agente colocar a cabeça no lugar

Posso postar esse no "Em Sã Consciência"?


Um abraço

Paz

Valmir

Paulo Cruz (PC) disse...

Valmir, fique à vontade!

Abraço e Paz,
PC

Rosana Garcia disse...

Oi P...dei uma passadinha por aqui ...lindo este ...bjs

Alexandra disse...

Qual o poeta que diz que o prazer é dor???

Te td a ver com seu poema rsrsrs...

Gostei deste... c tá melhorando heim... Tõ gostando, tô gostando...

Obrigada por passar no meu blog! Veja se não desaparece, bjs!

Alexandra disse...

Nãó dá pra imaginar nada né??

Todos os dias, fico pensando qual o sentido da vida, da correria, de td o mais...

Difícil, mas não impossível de seguir, apesar das tristezas e decepções.

Bjs!